Abrir a porta de casa após um longo dia de trabalho traz um aconchego especial, não é mesmo? Com a rotina atribulada e cheia de afazeres, estar em casa precisa nos trazer o conforto de um abraço. Criar uma atmosfera agradável no nosso lar melhora a qualidade de vida e nos enche de energia para enfrentar os desafios que se apresentam em todas as esferas do cotidiano.

Uma série de condições fazem de uma casa um espaço que colabora com a qualidade de vida dos seus habitantes. Existem fatores emocionais e também físicos que interferem na maneira com que vivemos em determinado local. Mas que aspectos físicos precisam ser considerados quando você pensa em aprimorar o ambiente no qual vive?

Existem características que compõem o que é denominado na arquitetura como conforto ambiental. Luz, temperatura, isolamento acústico são alguns dos itens que fazem com que uma casa transmita um sentimento de conforto e bem estar. Esses três aspectos fazem toda a diferença quando o assunto é qualidade de vida, por isso, vamos falar um pouco sobre cada um deles.

Deixe a luz entrar na sua casa

Você sabe o quanto a luz natural é importante para sua saúde? O sol controla o nosso relógio biológico, nos ajuda a ter energia nas tarefas diárias, fixa a vitamina D nos nossos ossos nos deixando mais fortes. Por isso, viver em um espaço de privilegie a luz natural é muito importante para o seu bem-estar.

Além de todos os benefícios para sua saúde, a luz do sol aquece a casa deixando mais aconchegante, evita formação de mofo e economiza e energia elétrica. Imbatível, não é? Por isso, planejar uma casa que aproveita bem a luz solar vai tornar seus dias ainda mais agradáveis.

Na temperatura certa

Nada mais difícil que estar em um local onde a temperatura não é agradável. Por isso, morar em uma casa onde há conforto térmico é essencial, não só para o comodidade, como para a saúde dos moradores. Um ambiente onde não existe preocupação com esse aspecto pode gerar resfriados, alergias, fadiga, quedas de pressão arterial, entre outros.

Para além das questões ligadas à saúde, a sensação de comodidade está diretamente ligada à temperatura. Muito frio ou excesso de calor transmitem desconforto. Portanto, um projeto pensado para manter um ambiente com circulação de ar constante e isolamento térmico quando necessário, é uma das condições mais importantes para a qualidade de vida dos moradores.

Silêncio na medida certa

Tanto quanto temperatura e luminosidade, a acústica de uma casa interfere no bem-estar dos moradores. Os ruídos podem atrapalhar sua noite de sono, dificultar sua concentração em atividades como trabalho e estudo. Pensando a longo prazo, a exposição à poluição sonora pode gerar problemas físicos.

Portanto, pensar no isolamento acústico adequado para a sua casa vai colaborar para que o ambiente interno tenha níveis de ruídos que não sejam agressivos e que, ao mesmo tempo, não deixem o ambiente monótono.

Quais características da sua casa que você acredita que influenciam mais a sua qualidade de vida? Conte para gente nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *