Qual é a primeira ideia que vem a sua mente quando imagina na sua casa? Alguns podem pensar em segurança, tranquilidade, felicidade, mas existe uma palavra que engloba todas dessas características e explica muito bem a sensação de um lar: conforto. Um espaço confortável vai além de um ambiente esteticamente bem resolvido, ele desperta bons sentimentos e traz alegria.

Você já refletiu sobre as sensações que tem quando está em uma atmosfera agradável? Pensamentos mais abstratos como cheiros, cores, temperaturas podem ser suas primeiras referências e é a partir delas que você deve guiar suas escolhas. Outros fatores também são fundamentais para ter um espaço aconchegante como ambiente no qual a sua casa estará inserido, se será integrada com áreas externas, além do que é mais importante para você: a família, a praticidade, a vida social, a gastronomia, a música ou seus pets.

Planejar um lar que seja a representação de quem você é, passa por compreender quais são as sensações que deseja ter ao abrir a porta do final dia. Você acha difícil colocar todas essas ideias abstratas em um plano concreto? Vamos explicar porque pensar em conforto vai fazer a diferença.

Porque conforto também é sinônimo de praticidade

Estar em um ambiente agradável também é sentir-se parte de uma casa que funciona de um jeito prático, tornando o dia a dia mais simples. Portanto, pensar em luminosidade, temperatura, isolamento acústico, paisagem e decoração são parte fundamental de qualquer projeto que tenha a intenção de transmitir conforto e funcionalidade.

Moldar a casa ao seu perfil é importante para que ela não seja mais mais um entrave na sua rotina. Replicar ideias de outros projetos sem essa adaptação adequada, por exemplo, pode resultar em ambientes luxuosos, mas que não conversam com a sua personalidade, com o terreno, com o clima e com a paisagem do local em que seu lar foi construído. Procure referências estéticas, mas busque adaptá-las ao seu contexto e preocupe-se em manter a sua personalidade em cada espaço.

Porque sua vida vai ser mais alegre

Já entrou em uma casa que lhe dá uma sensação automática de alegria e aconchego? É bem provável que o morador dessa construção tenha pensando nos detalhes da decoração, da luminosidade, das cores, terreno, clima, paisagem e hábitos de quem mora no lugar, assim a casa funciona para acolher as pessoas, sem ficar no caminho delas. Portanto, estar em um lugar que conte a sua história, que transmita os seus ideais vai lhe dar satisfação.

Um lar só funciona se as pessoas estão felizes vivendo e interagindo com o espaço. É preciso sentir-se à vontade em todos os ambientes, livre para mexer nos objetos sem ter a sensação que está quebrando uma regra. Locais onde nada pode ser tirado do lugar fazem com que todos fiquem em estado de alerta constante, o que gera desconforto.

Afetividade gera acolhimento

Quais são os objetos que lhe trazem boas lembranças? Pode ser um retrato da família, um troféu de uma vitória muito importante para você, uma lembrança de viagem. Tudo que lhe dá felicidade precisa ter o lugar garantido na sua casa.

Afinal de contas, seu lar precisa ser uma fonte de boas energias, um lugar criativo e feliz. Por isso, quando você abre a porta precisa encontrar tudo que tem significado e importância na sua vida.

Gostou do nosso post? É só o começo! Toda a semana teremos novas informações sobre arquitetura para compartilhar. Conte nos comentários o que é conforto para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *